terça-feira, 16 de junho de 2015

O Instituto Rio participa de um programa de intercâmbio com Fundações Comunitárias Mexicanas




Entre os dias 8 a 11 de junho, o Instituto Rio participou de um programa de intercâmbio com Fundações Comunitárias Mexicanas que consistiu na visita a organizações de outros países de América Latina como Costa Rica e Brasil. O Instituto Rio recebeu representantes da Fundación Comunitaria Puebla IBP, Fundación del Empresariado Chihuahuense (FECHAC) e Comunalia – Alianza de Fundaciones Comunitarias de Mexico.

A programação das atividades deste intercâmbio consistiu em reuniões de apresentação do trabalho desenvolvido por cada instituição, com a participação da equipe técnica do Instituto Rio, do Diretor Presidente do Instituto Rio, Marcos da Veiga Pereira,  dando as boas-vindas para os visitantes, além da vice-presidente do Conselho da organização, Vera Saboya. Foram organizadas também visitas a quatro projetos apoiados no ano de 2015 pelo Instituto Rio, além do Encontro das Fundações Mexicanas com a rede da Universidade Comunitária da Zona Oeste e uma reunião de avaliação ao final do intercâmbio.

O segundo dia de atividade foi dedicado às visitas a dois projetos apoiados pelo Instituto Rio: “Bumba Meu Boi Estrela de Gericinó”, desenvolvido pela Associação Raízes de Gericinó e “Facilitadores da Paz”, idealizado pelo Centro Cultural A História que Eu Conto, localizada em Vila Aliança. Para as Fundações Comunitárias Mexicanas, o principal interesse nas visitas era conhecer o trabalho desenvolvido por organizações de base comunitária que fazem diferença no desenvolvimento local das comunidades visitadas. A experiência de troca foi bastante proveitosa tanto por parte dos visitantes, que puderam ver de perto o trabalho realizado e constataram algumas semelhanças com as iniciativas mexicanas, como a preservação da cultura popular nos territórios, e o trabalho envolvendo a cultura de paz em comunidades onde os jovens são expostos à violência constante. Tanto para as organizações que aproveitaram esta oportunidade para entender melhor os processos de apoio que as Fundações Comunitárias desenvolvem no México.

Além dos projetos visitados, os convidados tiveram a chance de conversar com os jovens participantes do projeto Jacutucos II, que capacita integrantes de três centros culturais comunitários da Zona Oeste do Rio de Janeiro – Casa da Rua do Amor, Centro Cultural A História que eu Conto e Foco – fábrica de atores sociais – em organização e realização de eventos culturais.

Os outros projetos visitados são desenvolvidos na Cidade de Deus, local onde foi realizado o Encontro das Fundações Comunitárias Mexicanas com a rede da Universidade Comunitária da Zona Oeste. Na Associação Semente da Vida da Cidade de Deus (ASVI), os convidados participaram também de uma entrevista para a Web Radio CDD, apoiada pelo Instituto Rio através do programa “A Voz da Rede”. Na parte da tarde, o “Ateliê As Talentosas”, idealizado pela Rede Cidade de Deus de Economia Solidária, recebeu os visitantes com grande parte das mulheres participantes do projeto aprendendo a moldar e costurar objetos para a casa que serão comercializados nas feiras locais de economia solidária.


Encontro da Rede da Universidade Comunitária da Zona Oeste com Fundações Comunitárias Mexicanas: trocando experiências e compartilhando saberes


No dia 10 de junho, as organizações e coletivos que integram a Rede da Universidade Comunitária da Zona Oeste participaram de um encontro com representantes de duas Fundações Comunitárias Mexicanas: Fundación Comunitaria Puebla IBP e Fundación del Empresariado Chihuahuense (FECHAC), além da representante da Comunalia – Alianza de Fundaciones Comunitarias de Mexico, que coordena uma rede de 17 Fundações Comunitárias que atuam em 15 estados diferentes do país.
Este encontro foi promovido pelo Instituto Rio como parte do programa de intercâmbio. O principal objetivo do encontro foi conhecer o trabalho realizado por essas fundações e trocar experiências baseadas nas fortalezas de cada organização.

A Fundación Comunitaria Puebla IBP destacou o trabalho de gerenciamento de 25 fundos que permitem o apoio aos projetos desenvolvidos neste estado no centro do país. Já a FECHAC surpreendeu a todos ao compartilhar sua experiência de 25 anos de mobilização de recursos empresariais, que engloba a participação de 36.000 empresários do estado de Chihuahua, no norte do México. Neste primeiro momento do encontro, o foco do bate-papo com as organizações locais contribuiu para pensarmos em novas maneiras de envolvimento e engajamento do empresariado local para a transformação social do território de atuação. Outro ponto de destaque foi o papel que as Fundações Comunitárias Mexicanas exercem junto ao poder público que reconhece o papel das fundações comunitárias no planejamento de iniciativas sociais de impacto nos territórios de atuação, dado  o conhecimento que elas tem sobre as demandas das populações e comunidades locais.

A troca de saberes com a Comunalia foi bastante significativa para a rede da Universidade Comunitária da Zona Oeste, uma vez que destacou a importância do trabalho em rede para potencializar as ações em determinado território. Por outro lado, Laura Trejo, diretora executiva da Comunalia, ressaltou que o trabalho em rede permite que as organizações membros alcancem seus objetivos comuns somente se for estabelecida uma relação de confiança entre seus membros que só é possível a partir do momento em que todos conhecem bem os trabalhos desenvolvidos por cada organização, estimulando a construção coletiva de saberes e o trabalho colaborativo na rede.

O encontro contou com a participação ativa de representantes de todas as organizações apoiadas pelo Instituto Rio em 2015, além de parceiros da Universidade Comunitária e organizações locais da Cidade de Deus.

O Instituto Rio agradece a todos e todas pela participação e contribuição nesta troca de experiências e compartilhamento de saberes. Um agradecimento especial à Associação Semente da Vida da Cidade de Deus (ASVI) que cedeu o espaço de sua sede para a realização do encontro e toda a sua equipe que nos recebeu de braços abertos. Agradecemos também a oportunidade da entrevista realizada para a rádio web CDD (http://www.webradiocdd.org.br) junto aos representantes das organizações mexicanas.




Um comentário:

  1. Ótimo encontro da rede! Parabéns a todos os presentes pelas participações

    ResponderExcluir