quinta-feira, 14 de maio de 2015

Ampliando e fortalecendo a rede de parceiros da Universidade Comunitária da Zona Oeste



Com o objetivo de dar continuidade ao trabalho iniciado em 2014 e de agregar novos parceiros na rede da Universidade Comunitária da Zona Oeste, o Instituto Rio em conjunto com as organizações parceiras promoverão a primeira reunião de parceiros da Universidade Comunitária da ZO do ano de 2015, no dia 20 de maio, entre 9 e 12h, na sede da UNISUAM de Campo Grande, localizada na Av. Cesário de Melo, no. 2.571.

Esta reunião contará com a participação de diversas instituições do poder público, da iniciativa privada e da sociedade civil que atuam na Zona Oeste no Rio de Janeiro, contribuindo para  o desenvolvimento das diversas localidades do território. Confirmaram presença neste encontro as seguintes organizações: Secretaria Municipal de Cultura; Instituto Eixo Rio, Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia do município e Naves do Conhecimento da ZO; Secretaria Municipal de Trabalho; IPP – Pacto Rio;  Gestão Social de Farmanguinhos; Fiocruz – Mata Atliantica; UNISUAM; Associação Comercial e Industrial de Campo Grande; Lamsa/Linha Amarela; Shopping Bangu; PACS; CIEDS; Meu Rio – Nós de Campo Grande; Jornal Realengo em Pauta; Folha da Terra; e Jornal O Dia.

Os pontos a serem abordados durante a reunião terão o foco de apresentar o trabalho desenvolvido pela rede de parceiros na Zona Oeste e nas contribuições para com a iniciativa da Universidade Comunitária. Também, este encontro procurará ampliar a discussão sobre as atividades desenvolvidas pelas organizações parceiras e a construção de uma agenda comum para a Zona Oeste do Rio de Janeiro. Desta forma, além de uma apresentação atualizada sobre os principais desafios desta região da cidade, uma programação de ações conjuntas será elaborada a fim de garantir que esta agenda de direitos seja disseminada e trabalhada coletivamente pela rede da Universidade Comunitária da Zona Oeste, tanto dos parceiros como pelas organizações e grupos de base comunitária. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário